Hepatologia pediátrica

Alerta Amarelo

Reid-and-Eldon-jaundice-1

Bebê com icterícia

   A Sociedade Brasileira de Pediatria e o Grupo de Estudos em Hepatologia Pediátrica (GEHPed) lançou a campanha nacional “Alerta Amarelo” com o objetivo de chamar a atenção, inicialmente dos médicos pediatras, para o diagnóstico da colestase neonatal. Isso é importante pois a causa mais séria de colestase, a atresia de vias biliares. Essa é uma doença grave, rapidamente progressiva para cirrose e que pode ser tratada cirurgicamente se diagnosticada em tempo, mas esse tempo é muito curto. Poucas semanas de atraso no diagnóstico e tratamento podem ser a diferença entre a vida e a morte, ou pelo menos a diferença entre uma cirurgia conservadora e a necessidade de transplante hepático. Por esse motivo, é fundamental divulgar aos pediatras, pais e cuidadores sobre a necessidade de investigar recém nascidos com icterícia (coloração amarelada de pele e olhos) com duração acima de 14 dias, especialmente aqueles nos quais observa-se acolia fecal (fezes muito claras ou brancas).

alertaamarelo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s